Av. Brasil, 694 - Centro Faxinal - Pr

prefeitura@faxinal.pr.gov.br

(43) 3461-8000

×

VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR PROMOVE INSPEÇÃO EM EMPRESAS DE FAXINAL

Quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Última Modificação: 03/12/2018 16:46:56


Ouvir matéria

A equipe de fiscalização da Coordenadoria de Vigilância Ambiental, Sanitária e Saúde do Trabalhador - CVASST da Secretaria Municipal de Saúde de Faxinal está intensificando o trabalho de fiscalização em várias empresas do Município. A Centralidade dessas ações tem por objetivo promover a Vigilância de ambientes e processos de trabalho e das condições em que o trabalho se realiza no chão de fábrica isto é, as inspeções para mapeamento de fatores de riscos ocupacionais e para investigação de causas de acidades de trabalho. A ideia é atuar na prevenção de acidades e doenças relacionadas ao trabalho em vários ramos de atividade, os quais apresentam grande potencial de adoecimento de seus trabalhadores, tais como: Frigoríficos, Madeireiras, Marcenarias, Serralherias, Construção Civil, Marmorarias, Postos de Combustível, Cooperativas Agrícolas, Atividades Rurais (agrícolas), Tornearia, Tapeçaria, Indústria de Alimentos, Cerealistas e Confecções.

 

Todo trabalho está sendo viabilizado em conjunto com a 16ª Regional de Saúde de Apucarana, através dos Técnicos do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador– CEREST. O CEREST– Macro Regional Norte II da 16ª Regional de Saúde, juntamente com as áreas técnicas de Saúde do Trabalhador têm o papel fundamental de promover o suporte técnico especializado para o conjunto de ações e serviços da REDE SUS.

 

A Vigilância em Saúde do Trabalhador compreende uma atuação contínua e sistemática, afim de detectar, conhecer, pesquisar e analisar os fatores determinantes e condicionantes dos agravos à saúde relacionados aos processos e ambientes de trabalho.

 

O Brasil é dos países que mais registra acidentes de trabalho. Isso não pode ser considerado normal, tendo em vista que provocam muitas mortes e a quantidade de pessoas que ficam inválidas são altíssimos.  Portanto, se trata de uma situação alarmante e muito grave. Especificamente, no Município de Faxinal os dados mostram uma alta de 262%, com 29 acidentes em 2017, contra oito acontecido no ano de 2016.

 

Nos 17 Municípios pertencentes a 16ª Regional de Saúde de Apucarana, 14 pessoas perderam a vida enquanto trabalhavam em 2017. O número é 16,7% maior do que no ano anterior, quando 12 pessoas morreram em acidentes de trabalho. Esses Municípios somaram, juntos 285 acidentes de trabalho graves ao longo de 2017. O número equivale a um acidente grave a cada 30 horas. (Fonte: Tribuna do Norte, de 03/02/18)

 

É Importante destacar que a prevenção de acidentes de trabalho perpassa pela organização da empresa, que por lei, são obrigadas a garantir a segurança de seus funcionários. Mas cabe também ao trabalhador informar a ausência de equipamentos adequados aos riscos das atividades produtivas, bem como de situações e/ou áreas de perigo, ora presentes.

 

Para maiores informações, reclamações e denúncias, a pessoa pode ir na Prefeitura Municipal ou ligar para o telefone (43) 3461-2281.

 

fonte/CVASST - Ney Lopes

 Galeria de Fotos

 Veja Também